Licenças para mediação imobiliária registam valor mais elevado desde 2012

Até o passado mês de maio existiam em Portugal 3280 imobiliárias.

 Os pedidos de licenciamento para actividade imobiliária em Portugal registaram uma média mensal de 63 licenças emitidas entre janeiro e junho de 2014. Este é o valor mais alto registado desde setembro de 2012.

lisbonDe acordo com os dados mais recentes da Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal “é possível observar um aumento na capacidade de rejuvenescimento por parte das empresas de mediação imobiliária”. O desempenho é justificado pelos novos instrumentos, de que é exemplo a nova lei da mediação imobiliária.

As licenças emitidas variaram entre as 46 novas empresas em janeiro e as 88 em junho.

Entre julho de 2013 e Junho de 2014, a associação estima que tenham sido emitidas aproximadamente 632 novas licenças de actividade de mediação imobiliária. Destas novas licenças, 25% (com cerca de 159 novas empresas) têm lugar no distrito de Lisboa.

Os dados citados pela APEMIP – no seu estudo de mercado relativo ao segundo trimestre-, dão ainda conta que, até Maio de 2014, existiam em Portugal cerca de 3.280 empresas em actividade neste ramo, registando um aumento de 22% face ao mesmo período do ano anterior. Lisboa, Porto, Faro e Setúbal representam 66% do mercado.

[twitter style=”vertical” float=”left”] [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]   [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest