Ilha artificial permite reprodução de garajaus na Lagoa das Sete Cidades

Uma pequena ilha artificial instalada na Lagoa das Sete Cidades, em São Miguel, permitiu a reprodução de garajaus comuns (Sterna hirundo), estando confirmada a sobrevivência de, pelo menos, duas crias, uma das quais realizou ontem o seu primeiro voo.

Nos últimos anos não houve conhecimento da reprodução de garajaus comuns na Lagoa das Sete Cidades, uma vez que os ninhos feitos nas margens acabavam por ser atacados ou ocupados por outras espécies.

A Direção Regional do Ambiente, com o apoio do especialista em observação de aves, Gerbrand Michielsen, instalou durante o último inverno uma pequena ilha artificial naquela lagoa com o objetivo de promover a reprodução dos garajaus comuns que ali ocorrem.

A 18 de abril, um dos ninhos foi ocupado por um casal de garajaus comuns, tendo sido confirmada a 17 de maio a existência de ovos, de que resultou posteriormente o nascimento de crias.


PUB