CDS defende “aliança” entre turismo e produtos tradicionais

CDS defende a concentração da promoção dos produtos tradicionais com o turismo.

O grupo parlamentar do CDS/Madeira visitou, esta tarde, o Festival do Vinho, Bordado e Tapeçaria da Madeira. Em declarações à comunicação social, o deputado centrista, Teófilo Cunha defendeu “uma acção concertada na promoção do turismo e dos produtos tradicionais da Madeira”, como o vinho, o bordado e o artesanato.

Teófilo Cunha sugeriu uma estratégia concertada na divulgação dos dois produtos que a Madeira tem para oferecer.

O deputado centrista considera que este é o momento certo para a “aliança” dos dois produtos, uma vez que, a Região passa por um momento, economicamente, difícil.

“A Madeira atravessa grandes dificuldades económicas e sociais, é fundamental encontrar uma nova forma de divulgação dos sectores produtivos como o vinho, o bordado e o artesanato e nós entendemos que não pode ser cada um por si a fazer a sua divulgação e por isso defendemos que o ideal será concentrar a promoção dos produtos tradicionais com o turismo”, vincou.

Teófilo Cunha considera que a divulgação será “mais barata e será mais fácil de efectuar e muito mais fácil de concentrar”. Com uma estratégia conjunta a Região poderá, no entender, do deputado do CDS “dar uma lufada de ar fresco à economia regional e aos seus produtos, com efeitos positivos para as famílias madeirenses que dependem directa e indirectamente desta actividades”, concluiu.

 [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest