SPM entrega reclamações contra corte no subsídio

O SPM vai acompanhar os professores na entrega das reclamações contra o corte no subsídio de Natal.

O Sindicato de Professores da Madeira (SPM) vai entregar, na próxima quarta-feira, 14 de Dezembro, na Direção Regional dos Assuntos Fiscais, as reclamações que dizem respeito ao corte no subsídio de Natal. Em comunicado enviado à redacção o SPM apela à todos os professores, no activo e aposentados, que tenham disponibilidade, a participar nesta ação de entrega colectiva das reclamações. O comunicado do SPM refere que esta entrega “é uma forma de protesto pela via jurídica”.

Recorde-se que o SPM já adaptou as minutas de reclamação à realidade jurídica da Região Autónoma da Madeira, para os vários sectores de ensino que foram disponibilizadas aos docentes no final de Novembro. Quem pretender reclamar terá de o fazer no prazo de 30 dias, contando a partir do dia seguinte ao do pagamento da metade “não roubada” do subsídio de Natal.

“Os requerimentos dos professores tem que ir com o recibo de salários onde se verifica aplicação da sobretaxa em anexo ao requerimento de reclamação, com a designação Doc. 1 anexo”, refere ainda o comunicado.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest