32% dos condutores preocupados com abuso de álcool

O abuso de álcool ao volante foi apontado como a principal preocupação dos condutores portugueses.

A Zurich promoveu o estudo “Natal 2011” que apresenta os hábitos dos portugueses na época do Natal e as suas principais preocupações na estrada, especialmente numa época propensa à sinistralidade.

32% dos condutores portugueses, que irão viajar no próximo Natal, consideraram o abuso de álcool ao volante a principal preocupação. Entre os países consultados o consumo de álcool é referido como primeira preocupação na maioria dos países: Espanha (33%), Rússia (30%), Áustria (22%) e Suíça (19%).

Também segundo esta sondagem, 74% dos portugueses que planeia viajar nesta época festiva percorre até 50 km e utiliza o automóvel. A tendência de fazer poucos quilómetros estende-se aos outros países mediterrâneos (Espanha e Itália), enquanto na Alemanha e na Rússia percorrem-se distâncias mais longas, na ordem dos 300 quilómetros.

Quando inquiridos sobre os comportamentos ao volante, 37% dos inquiridos em Portugal confessa que a forma de conduzir não se altera nesta época.

A larga maioria dos portugueses consultados (72%) passa o Natal em casa e apenas 21% visita a família e/ou amigos. Tal como em Portugal, também em Itália o Natal é passado em família, mas na Rússia esta quadra é muitas vezes celebrada com amigos.

Este estudo foi realizado em sete países da Europa (Portugal, Espanha, Itália, Suíça, Alemanha, Áustria e Rússia) com o objetivo de recolher informação sobre a forma como as pessoas utilizam os meios de transporte durante o Natal (24-26 Dezembro) comparativamente com o resto do ano.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]


PUB