Desafinado entre as melhores coreografias de 2011

O Grupo Dançando com a Diferença faz um balanço positivo da sua atividade em 2011.

No presente ano, o Grupo Dançando com a Diferença apresentou três estreias absolutas: “Máquina Letal” e “Wing Wong or Ping Pong” (de Henrique Amoedo) e “Desafinado” (de Paulo Ribeiro). Paralelamente, o grupo continuou apresentando outras quatro coreografias do seu repertório e foi visto por 5126 espetadores.

“Considerávamos os resultados mais do que positivos. A inclusão da criação de Paulo Ribeiro entre os melhores espetáculos de dança exibidos em Portugal em 2011, segundo a ATUAL do semanário Expresso (nº2044 de 30 de Dezembro de 2011), é uma distinção que nos enche de orgulho e nos impulsiona para o novo ano cheios de motivação”, destaca o grupo em comunicado.

Refira-se que as criações deste ano aconteceram no âmbito do projecto Centro das Artes Global e no próximo ano continuarão em exibição, circulando na Região Autónoma da Madeira, Portugal continental e também no estrangeiro.

Estreias Absolutas em 2011:

“Máquina Letal”, fruto da colaboração entre a AAAIDD e a Fundación Psico Ballet Maite Leon (de Madrid), teve parte da sua criação registada por Guillermo Roqués e Rosa Izquierdo da ERREqueERRE Producciones Audiovisuales, para integrar um documentário que abordará a Dança e a Inclusão, com estreia prevista para o mês de Março em Espanha.

“Wing Wong or Ping Pong”, estreou na cidade de Mainz e depois foi apresentado no Centro das Artes Casa das Mudas, local de residência do Dançando com a Diferença. A célebre história de amor entre um gorila foi revisitada por actores, bailarinos e radialistas, dando origem a uma criativa homenagem no alemão Grenzenlos Kultur – Internationales Theaterfestival.

“Desafinado”, reuniu o coreógrafo Paulo Ribeiro, a intérprete de dança e também coreógrafa Leonor Keil e os músicos António Serginho e Miquel Bernat, dos Drumming Grupo de Percussão, para esta criação. O resultado é um concerto dançado, mais com jeito de um grande encontro de amigos, onde dança e música alinham-se na perfeição. Depois da sua estreia na Calheta já foi apresentado no Funchal (no Centro de Congressos do Casino da Madeira, na abertura da Semana Regional das Pessoas com Necessidades Especiais) e na programação regular do Teatro Viriato, em Viseu, no mês de Dezembro. Integra a lista do semanário Expresso entre as melhores coreografias exibidas em Portugal no ano de 2011.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest