CDS não compreende afirmações de Jardim

CDS diz não compreender afirmações de Jardim na entrevista que deu ontem à RTP/Madeira.

O CDS/Madeira foi recebido esta manhã, em audiência, pelo Representante da República para a Madeira, Ireneu Barreto.

Os deputados centristas foram demonstrar a preocupação na aplicação das medidas de austeridade para a Madeira e apresentaram o plano do partido para a redução da despesa pública. À saída do encontro, em declarações aos jornalistas António Lopes da Fonseca disse que não compreende como é que Alberto João Jardim afirma publicamente que o preço dos produtos vão baixar quando o IVA vai aumentar. “Estranhamos que o senhor presidente do Governo Regional tenha afirmado que confia que os preços de alguns produtos vão baixar. Como é possível baixar preços de produtos se o IVA vai aumentar na taxa máxima 35% e na intermédia 33%. Só mesmo quem percebe pouco de economia é que poderá ter uma afirmação dessas”, criticou.

O líder da bancada parlamentar centrista considera que os madeirenses ainda não entenderam que o plano de assistência financeiro vai ser muito duro para as famílias e para as empresas e que se estão a deixar levar pela “demagogia do presidente do Governo Regional”.

Apesar do cenário pouco optimista os deputados do Partido Popular dizem confiar no bom senso do

Governo da República e aguardam por uma decisão rápida de Lisboa que ajude a salvar as empresas e as famílias madeirenses.

“Acreditamos no bom senso do Governo da República e esperamos que parte da dívida seja rapidamente derramada na economia regional para pagar a fornecedores, pois só assim a economia poderá dinamizar rapidamente”. Caso contrário, alertam que os despedimentos e o encerramento de empresas vai disparar nos três primeiros meses de 2012.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest