Situação económica não pode inviabilizar educação (VÍDEO)

Deputados populares reuniram com o Sindicato dos Professores da Madeira.

O CDS/PP Madeira reuniu, hoje pela manhã, com o Sindicato dos Professores da Madeira. Sobre a mesa algumas das preocupações dos professores, isto quando a Região Autónoma da Madeira, por força da falta de liquidez, se vê confrontada com sérios desafios.

“Tendo em conta a situação que a Madeira vive, quer do ponto de vista financeiro, quer do ponto de vista económico, entendemos que é igualmente importante dar atenção a outras áreas, como a educação”, disse Isabel Torres.

A revisão do Estatuto Disciplinar do Aluno, a Prova de Acesso dos Professores, o Estatuto da Carreira Docente foram abordados na reunião e, neste contexto, a deputada lamentou que o Secretário Regional da Educação e dos Recursos Humanos, Jaime Freitas, não assuma uma postura mais dinâmica.

“Há muita instabilidade e muita incerteza. Houve uma reunião com o senhor secretário de Educação em que nada foi decidido. E, para nossa estranheza, não há um grupo de trabalho da Secretaria Regional a acompanhar as grandes reformas que estão a acontecer ao nível do Governo Central”, continuou a popular.

Por tudo isto, apesar de compreender a situação difícil e os constrangimentos do Governo Regional, as prioridades não podem ser distorcidas. A qualidade do ensino, bem como da saúde, são fundamentais.

Para além da reunião de hoje, com o Sindicato dos Professores, os deputados populares pretendem reunir com a Associação Comercial e Industrial do Funchal (ACIF)  e o Sindicato de Hotelaria.

[twitter style=”vertical” float=”left”]  [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest