Reformados enviam mealheiro a Cavaco Silva

A ARPIRAM recolheu dinheiro para ajudar o presidente da República a pagar as despesas.

Uma delegação da associação deslocou-se esta tarde ao posto dos correios da Avenida Zarco para enviar um mealheiro com os cêntimos que sobraram das suas reformas para ser entregue em São Bento, na residência oficial do presidente da República.

Com esta acção a ARPIRAM quis solidarizar-se com Cavaco que na passada sexta-feira afirmou a alguns órgãos de comunicação social que não sabia se a pensão dele e da esposa iria chegar para as despesas.

“Nós fizemos uma recolha de donativos para entregarmos ao senhor presidente porque realmente com uma pensão e com ajudas de custo que rondam os 13 mil euros realmente não chegam para a vida que ele leva”, considerou Maria do Rosário Ramos, acrescentando que a maioria “dos nossos reformados recebem 200 a 300 euros de pensão e ainda conseguiram que lhes sobrasse um cêntimo ou dois para ajudar o senhor presidente nas despesas e nos gastos”.

Junto com o mealheiro foi enviada uma carta aberta ao presidente da República com palavras de solidariedade dos membros da ARPIRAM.

“Este donativo é singelo, mas sentido, e surgiu como expressão mais imediata da nossa solidariedade e foi recolhido não só entre os nossos associados mas também de familiares e amigos que ficaram igualmente sensibilizados com o infortúnio”, este é um dos trechos que consta da carta enviada a Cavaco Silva.

 

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest