AMRAM exige plano de resgate

As câmaras da Madeira querem plano de resgate o mais depressa possível. 

A Associação de Municípios da Região Autónoma da Madeira (AMRAM) esclarece, em comunicado, que na sequência de notícias que foram hoje publicadas na imprensa à propósito de uma pretensa carta conjunta subscrita pelos senhores ministros Vítor Gaspar e Miguel Relvas, enviadas às 308 câmaras do país, para que as autarquias informem o governo do montante global das dívidas dos municípios, “até à presente data nenhuma câmara da Madeira recebeu a suposta carta”.

O comunicado refere ainda que a existir a referida carta “lamenta o facto dos presidentes de câmara terem tomado conhecimento da mesma através da comunicação social e não através dos meios próprios”.

Pode-se ainda ler que a AMRAM “expressa-se um sentimento de que a notícia pretendeu dar um show off e deseja-se que o Governo da República juntamente com a troika elaborem um plano de resgate para os municipios e que o mesmo seja posto em ação o mais urgentemente possível”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest