Especialistas debatem doença renal crónica

Estima-se que cerca de 800 mil pessoas deverão sofrer de doença renal crónica.

A Sociedade Portuguesa de Nefrologia promove, de 28 a 31 de Março, o Encontro Renal de 2012, o maior evento médico e científico na área da Nefrologia em Portugal.

O Encontro Renal irá, em 2012, integrar pela primeira vez o IV Congresso Luso-Brasileiro de Nefrologia, reunindo profissionais de saúde nacionais e internacionais que pretendam aprofundar conhecimentos nesta área.

A terapêutica imunossupressora no transplante renal, o tratamento de indução e o tratamento de manutenção, a nefrologia clínica, a transplantação renal e os custos da diálise peritoneal versus a hemodiálise são alguns dos temas em debate. Na ocasião serão também apresentados os dados mais recentes do registo nacional de doença renal terminal.

Segundo o presidente da Sociedade Portuguesa de Nefrologia, Fernando Nolasco, “o encontro irá abordar alguns dos principais temas da atualidade e pretendemos fomentar a participação ativa através da apresentação de controvérsias e debates sobre diversas temáticas”.

Em Portugal, estima-se que cerca de 800 mil pessoas deverão sofrer de doença renal crónica. A progressão da doença é muitas vezes silenciosa, o que leva o doente a recorrer ao médico tardiamente, já sem qualquer possibilidade de recuperação.

A Sociedade Portuguesa de Nefrologia é uma organização de utilidade pública, sem fins lucrativos, fundada em 1978 que tem por missão prevenir e curar as doenças renais e melhorar a qualidade de vida de todas as pessoas afetadas de doença renal através do desenvolvimento da atividade científica dentro da área da nefrologia.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest