“Intervir+” aprova 67 candidaturas

Unidade de Gestão do Programa “Intervir+” dá parecer favorável a 67 novas candidaturas no âmbito do Sistemas de Incentivos.

O presidente do Instituto Regional da Madeira  fez saber que  hoje realizou-se a reunião (ref. nº 52ª) dos membros da Unidade de Gestão do Programa “Intervir+,” onde foram analisadas um total de 79 candidaturas do sector privado (67 com parecer favorável para aprovação, 5 com parecer para não aprovação, 4 para revogação e 3 para desistência).

As 67 novas candidaturas que obtiveram parecer favorável para aprovação, distribuem-se pelos seguintes Sistemas de Incentivos: 5 candidaturas no âmbito do Sistema de Incentivos à Revitalização Empresarial (SIRE), uma no Qualificar+ e 61 no Sistema de Incentivo ao Funcionamento.

Das candidaturas, destaque para “Renovação da infraestrutura, aquisição de equipamento operacional e de sistema energia solar”, da responsabilidade Ilídio e Quirino, SA. Este projeto tem como objetivos a instalação de equipamentos destinados a aumentar a eficiência energética, quer na conservação dos produtos a transformar e que fazem parte da oferta gastronómica, como também na instalação de uma sistema de produção solar, através de painéis fotovoltaicos, por forma a reduzir a fatura energética, através de uma produção de energia com recursos a energias renováveis. Também é objetivo deste projeto fazer cumprir com as exigências fiscais, ao nível da autenticação e certificação do software de faturação, bem como proceder à intervenção na infraestrutura de pequenas melhorias e obras de adaptação, com vista a aumentar a operacionalidade do espaço, onde a empresa desenvolve a sua atividade. E ainda a candidatura da “Criação de Biblioteca Virtual”, da EMOOBY, Lda. É um novo serviço online onde é possível alugar e comprar livros digitais bem como áudio books, possibilitando também aos clientes a compra física do livro em que é feita a encomenda e pagamento via online e posteriormente a sua entrega na casa do cliente. A totalidade dos 67 projetos com parecer favorável para aprovação, representa um montante total elegível de 10.000.359,34 euros, com uma comparticipação FEDER (Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional) de 1.044.908,74 euros e uma contrapartida regional de 728.509,67 euros.

Já no que concerne aos montantes globais aprovados desde o início do Programa até à data, o total elegível representa 625.746.558 euros, a comparticipação FEDER 282.455.106 euros e a contrapartida regional ascende os 79.302.143 euros.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest