“O jardinismo é um monstrengo que impera nesta ilha”

Diz Edgar Silva que culpa o regime pela dívida da Região de 2010.

Recomeçaram os trabalhos parlamentares depois do intervalo, agora com intervenções políticas dos deputados. O parlamentar do PCP, Edgar Silva, usa da palavra, neste momento, para dizer que a conta da Região 2010 “é uma dívida ilegítima do jardinismo”. Uma dívida ilegítima porque é “descaradamente corrupta. Serviu para corromper e para instaurar a corrupção na Madeira”.

Edgar Silva disse ainda que o jardinismo é um “monstrengo que impera nesta ilha, tudo prometeu, enganador mente. O morcão que por aqui impera prometeu o paraíso na terra, mas temos gente gasta com destinou acre”, apontou o parlamentar.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

 

 

 

 

Pin It on Pinterest