Turismo: Reino Unido lidera dormidas em agosto

Madeira, Algarve e Costa Azul com a taxa de ocupação mais elevada.

De acordo com o AHP Tourism Monitor, o Reino Unido liderou o número de dormidas internacionais em agosto, atingindo os 17%, seguindo-se Espanha (12%) e França (6%). As dormidas do estrangeiro totalizaram os 64% e as dormidas de nacionais 36%. Em termos de hóspedes em agosto, 59% foram estrangeiros e 41% foram nacionais.

turismo hotelO lazer, recreio e férias é claramente a principal motivação das dormidas de agosto, registando 88% e as estadias de negócios/profissionais atingiram apenas 6%. De salientar ainda que a maioria reservou a sua estadia através de agências de viagens e operadores turísticos (32%) e 25% fez reserva através de travelwebsites e apenas 19% foram diretos.   De acordo com Cristina Siza Vieira, presidente da direção executiva da Associação da Hotelaria de Portugal,“Os dados do acumulado até Agosto do Turismo de Portugal revelam que o crescimento do mercado interno, em termos de hóspedes, foi de aproximadamente 14%. O que vem confirmar um dos temas debatidos no Congresso Nacional da Hotelaria e Turismo na semana passada: a importância do mercado interno, particularmente em alguns destinos”.

A taxa de ocupação por quarto na hotelaria nacional registou um crescimento de 4,78 p.p no mês de agosto, em comparação com o mesmo período de 2013, tendo atingido os 86,05%. De notar que este crescimento foi verificado em todas as categorias, com destaque para as duas estrelas onde a variação foi de mais de 8 p.p. do que em agosto de 2013.  Já quanto à estadia média, a mesma foi de 1,94 dias, valor inferior em 3,48% face ao verificado no período homólogo.

Os destinos turísticos com a taxa de ocupação quarto mais elevada foram a Madeira (93,75%), o Algarve (91,49%) e a Costa Azul (89,2%). Tanto o RevPar (preço médio por quarto disponível) como o TrevPar (receita total por quarto disponível) também registaram aumentos apreciáveis, comparando com o mês homólogo do ano anterior. O RevPar aumentou 9,33% e o TrevPar 7,95%, fixando-se em 74,5 euros e 101,69 euros, respetivamente. Lisboa foi, no indicador REVPAR, o destino com a subida homóloga mais destacada: em agosto de 2013 este cresceu 19,55% fixando-se nos 68,24 €. No entanto, em Portugal, registou-se um decréscimo da receita média por turista no hotel, tendo totalizado os 105 euros (menos 1,87% do que em agosto de 2013).  Os AHP Tourism Monitor do mês de agosto revelam ainda um crescimento acumulado na taxa de ocupação de 3,05 p.p. (de 62,71%), como no preço médio por quarto ocupado que foi de 69,22 euros, mais 1,38% do que em 2013. O RevPar foi de 43,41 euros no período de janeiro a agosto de 2014, mais 6,58% do que em 2013. A estadia média no período de janeiro a agosto de 2014 foi de 1,9 dias menos 1,55% do que no período homólogo anterior.

[twitter style=”vertical” float=”left”] [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]    [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest