Polícia Judiciária deteve duas pessoas por contrabando de tabaco

A Polícia Judiciária, através da Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC) e no âmbito de um inquérito dirigido pelo Ministério Público (DIAP de Lisboa) por crime de contrabando qualificado, deteve dois homens, de 59 e 68 anos de idade, e apreendeu um contentor de tabaco.

No contentor estavam 9.880.000 de cigarros das marcas Maywand e Mohawk. No decurso da operação, que culminou na zona de Elvas, foi ainda apreendida uma viatura ligeira e 5 telemóveis.

O valor do prejuízo ao Estado correspondente ao imposto que não seria cobrado é estimado em cerca de 1 milhão e oitocentos mil euros (€ 1.800.000).

A operação contou com a colaboração da Brigada de Trânsito da GNR de Estremoz. As investigações prosseguem com vista à recolha de prova complementar relativa aos autores do crime.

Pin It on Pinterest