Portugal e Brasil assinam acordo de cooperação

O Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, assinou um memorando de cooperação para o desenvolvimento e internacionalização de startups com a Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), o maior sindicato patronal do Brasil.

«Num futuro próximo, poderemos ter empresas portuguesas desenvolvendo negócios interessantes no Brasil ou sendo apoiadas financeiramente pelas incubadoras que atuam aqui», afirmou o Ministro em declarações à agência Lusa, em São Paulo, no Brasil.

Manuel Caldeira Cabral acrescentou: «Também poderemos ter empresas brasileiras que querem desenvolver ações no mercado europeu indo para Portugal», ou seja, «esta colaboração e os incentivos que estamos a criar vão dar mobilidade às startups».

«Estes empreendedores serão responsáveis por grandes mudanças no futuro», sublinhou o Ministro, referindo a necessidade de construir pontes entre empresas privadas para incentivar os negócios inovadores das startups.

Manuel Caldeira Cabral referiu que «este memorando que assinamos hoje e o que assinámos no Rio de Janeiro em setembro são concretizações da abertura das portas entre o Brasil e Portugal que vão permitir uma colaboração maior para promover o empreendedorismo».

O Ministro afirmou que quer apoiar um evento de startups realizado no Brasil intitulado Acelera, e que quer trazer mais empresas inovadoras do Brasil ao Web Summit Lisboa, que se realizará em Portugal nos anos de 2017 e 2018.

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger