ARM alarga tarifas sociais e familiares ao municípios aderentes

A Secretaria Regional do Ambiente e Recursos Naturais, através da ARM – Águas e Resíduos da Madeira, após ter realizado um estudo de viabilidade económica e financeira da empresa, decidiu estender as tarifas especiais – familiar e social – a todos os seus municípios aderentes, nomeadamente Santana, Machico, Câmara de Lobos, Ribeira Brava e Porto Santo. Uma decisão que é tomada, de acordo com Susana Prada, de modo a “contribuir para a solidariedade económica e equidade social da população da Madeira e Porto Santo”.

Estas tarifas especiais que, na generalidade do território nacional só são aplicáveis à água, incidirão, na Região Autónoma da Madeira, sobre todos os serviços que a ARM, S.A. presta aos seus clientes, nos municípios acima referidos, designadamente nas tarifas fixas e variáveis de Água, Água Residual e Recolha de Resíduos, “resultando num claro benefício para todos os utilizadores”.

Assim, todos os utilizadores domésticos da ARM terão, a partir de 2017, ao seu dispor duas tarifas especiais: a tarifa familiar e a tarifa social. A Tarifa familiar tem por objetivo garantir a igualdade tarifária das famílias numerosas, especialmente pelo facto de serem mais pessoas a beneficiar dos serviços, e consiste no alargamento dos escalões de consumo para agregados familiares com 5 ou mais elementos, resultando num menor encargo mensal face aos consumidores com igual nível de consumo. A Tarifa social representará um desconto de 40% nas tarifas fixas e variáveis, visando proteger agregados familiares com baixos rendimentos, garantindo o seu acesso aos serviços prestados.

Pin It on Pinterest