Medidas antiterroristas são ameaça aos direitos humanos

Um relatório da Human Rights Watch (HRW), divulgado hoje, assinala como uma das principais ameaças para os direitos humanos o reforço das medidas antiterroristas na Europa e nos Estados Unidos.

O documento de cerca de 700 páginas passa em revista a situação em mais de 90 países onde se verificam casos flagrantes de violação de direitos humanos, perseguições de minorias étnicas e religiosas, tortura e discriminação de refugiados e migrantes económicos.

O relatório da HRW identifica a crescente preocupação com a segurança e reforço das medidas antiterroristas em diferentes países da Europa e também nos EUA, assim como a emergência de fenómenos como a afirmação política de Donald Trump

“Ao procurar chegar ao poder apelando ao racismo, xenofobia, misoginismo e nativismo, Trump e vários políticos europeus (…) admitem que aceitam as violações dos direitos humanos até como necessárias para garantir empregos, evitar mudanças culturais ou impedir ataques terroristas”, escreve o director executivo da ONG, Kenneth Roth.

Pin It on Pinterest