Novo Bairro dos Viveiros avança por 2 milhões de euros

A Câmara Municipal do Funchal adjudicou ontem, em Reunião de Câmara, a construção do novo Bairro dos Viveiros, na freguesia de São Pedro, “uma obra que terá um custo de dois milhões de euros e que se enquadra no programa Amianto Zero, que vai erradicar o amianto de toda a Habitação Social do Município”, segundo explicou o Vereador Miguel Silva Gouveia, que foi o porta-voz da Reunião.

Na reunião de ontem procedeu-se, igualmente, à adjudicação “da infraestrutura tecnológica de suporte aos sistemas que vão estar na base da futura Loja do Munícipe do Funchal, no valor de 320 mil euros” e que inclui “servidores, sistemas de armazenamento e equipamentos de segurança”, como também referiu Miguel Silva Gouveia.

Foi aprovada, por fim, “a proposta de classificação, como património de interesse municipal, das partes visíveis das muralhas do Brigadeiro Oudinot, construídas no início do século XIX, nas ribeiras de Santa Luzia e João Gomes.” Este foi um processo desencadeado no Verão passado, tendo a Câmara Municipal elaborado todas as fichas de inventário, com a importante colaboração do historiador Emanuel Gaspar.

Miguel Gouveia vincou que, neste momento, “já foram classificadas três pontes no Funchal, neste caso, a Ponte Nova, a Ponte D. Manuel e a Ponte de S. Paulo, tendo agora a Autarquia iniciado o processo de classificação das muralhas do Brigadeiro Oudinot. Seguem-se a Ponte da Praia Formosa e a Ponte do Ribeiro Seco”, concluiu. Registe-se que, as três propostas em questão foram votadas por unanimidade.

Pin It on Pinterest