Marinha portuguesa presta homenagem a marinheiro falecido nos grandes bancos da Terra Nova

Uma delegação do Navio Patrulha Oceânico Viana do Castelo prestou homenagem ao marinheiro Dionísio Esteves, falecido no ano de 1966, no exercício da atividade piscatória no mar dos Grandes Bancos da Terra Nova, a bordo do Santa Maria Manuela, um pesqueiro pertencente à Frota Portuguesa de Pesca à Linha (Portuguese White Fleet).

A cerimónia teve lugar no cemitério de Mount Carmel, perto do porto de St. John´s, no Canadá, no dia 17 de agosto de 2017.

Após dezassete dias de mar em apoio à Autoridade Nacional da Pesca, numa missão de fiscalização da atividade da pesca nos Grandes Bancos do mar da Terra Nova, o NRP Viana do Castelo efetuou uma escala logística, permanecendo atracado no porto de St. John´s até dia 20 de agosto.

A cerimónia de homenagem ao falecido marinheiro e pescador António Esteves, apesar de singela, foi revestida de grande simbolismo, tendo consistido na deposição de uma coroa de flores junto à sua campa, precedida pela leitura de um sermão proferido por um pároco da Basílica de St. John´s the Baptist. Foram igualmente lidas umas breves palavras por um elemento do NRP Viana do Castelo e reservado um minuto de silêncio em honra de todos os pescadores portugueses que perderam a vida no mar.

Após o serviço cerimonioso no cemitério de St. John’s, a delegação portuguesa foi pessoalmente recebida por Sua Excelência Reverendíssima, o Arcebispo de Newfoundland and Labrador, o qual rezou o terço junto à estátua de Nossa Senhora de Fátima, doada pelo Governo de Portugal em 1955 por ocasião das comemorações do centenário da Basílica.

De acordo com as entidades locais, a cerimónia realizada contribuiu determinantemente para reforçar os laços existentes entre Newfoundland and Labrador e Portugal, assim como, manter viva a memória dos pescadores da “Portuguese White Fleet”, cuja existência constitui parte significativa da história local.

Pin It on Pinterest