Ensino de instrumentos tradicionais nas escolas

Madeira e Galiza promovem música tradicional no currículo escolar através do projecto “Património Cultural em Educação Artística: promover a diversidade e o valor do património musical da Madeira e Galiza no currículo escolar”.

O Gabinete Coordenador de Educação Artística (GCEA) da Madeira deu hoje início ao projecto “Património Cultural em Educação Artística: promover a diversidade e o valor do património musical da Madeira e Galiza no currículo escolar”. Trata-se de um consórcio de sete instituições das regiões da Madeira e da Galiza, que tem como objectivo promover a música tradicional no currículo escolar.O projecto vai decorrer entre 2011 e 2013 sendo patrocinado a 100% pelo programa europeu “Comenius Regio”.Esta manhã na recepção à comitiva da Galiza o responsável da Madeira pelo projecto, Paulo Esteireiro, explicou que ao trabalho vai centrar-se naquilo que é feito na Galiza e na Madeira a nível do património musical. “O projecto tem como objectivo valorizar o património musical das duas regiões nas escolas. Vamos tentar que a nível do património dos instrumentos, dos compositores e das obras musicais sejam preservadas através do currículo de educação musical e desse modo os alunos vão ter conhecimento e contacto com os músicos e instrumentos madeirenses”, salientou. Paulo Esteireiro adiantou ainda que a Galiza foi escolhida pela proximidade linguística e por ser uma das regiões que tem mais parecenças com Portugal a nível de tradições. Na Madeira além do GCEA participam a Associação Musical e Cultural Xarabanda, o Centro de Estudos de História do Atlântico e a Escola Básica do 2º e 3º Ciclos Bartolomeu Perestrelo. F.S

Pin It on Pinterest