Actividades náuticas tiveram entrega de prémios

O Clube Naval do Funchal apresentou, no sábado, uma reportagem completa com vídeo da Operação Deadligth.

O documentou foi concebido pela equipa In-Silence, formada pelos mergulhadores José Marques e Armando Ribeiro, a mesma que esteve na Madeira por ocasião do NAVALdeep, que lançou bases para o início do mergulho profundo entre os praticantes regionais.

Numa sala muito bem composta por cerca de 50 pessoas, assistiu-se a uma reportagem sobre uma expedição realizada na costa noroeste da Irlanda onde, no final de 1945, em pleno pós-II Guerra Mundial, o governo britânico decidiu afundar a frota das forças alemãs. Essa operação foi denominada Deadligth e a reportagem mostra o estado das embarcações na expedição feita pelos dois mergulhadores portugueses.

Após a exibição da reportagem, como o contexto era de actividades subaquáticas, o Clube Naval do Funchal aproveitou para proceder à entrega dos prémios das provas promovidas durante este ano, nomeadamente o III Campeonato Regional de Fotografia Subaquática, o I Troféu de Caça Fotográfica, o I Open de Fotografia Subaquática e o II Campeonato Regional de Caça Submarina.

Pedro Vasconcelos foi o vencedor do Campeonato Regional de Fotografia Subaquática, seguido por Miguel Aleixo e Bruno Sousa, 2.º e 3.º classificados, respectivamente. O pódio no Troféu de Caça Fotográfica, prova disputada em apneia e visando a “captura” de 15 espécies diferentes, foi muito parecido, com Pedro Vasconcelos de novo no 1.º lugar e Miguel Aleixo no 2.º posto, mas desta feita com Pedro Monteiro na 3.ª posição. Manuel Silva triunfou no Open de Fotografia Subaquática, disputado ao longo de duas jornadas para 6 imagens sem categoria, tendo Pedro Vasconcelos e Miguel Ferreira ocupado os 2.º e 3.º lugares, respectivamente. Finalmente, no Regional de Caça Submarina, foi a dupla João Silva/Gonçalo Pereira a sagrar-se Campeã, numa vitória alcançada por apenas 50 gramas de vantagem sobre Élvio Santana/Paulo Marote. No último degrau do pódio ficou o par Pedro Guia/Roberto Henriques. O Troféu João Borges, que homenageia o sócio-fundador do CNF, referente ao maior exemplar capturado, foi ganho pela dupla Cláudio Vieira/Daniel Jardim, com um peixe cão com 3850 gramas.

Procederam à entrega de prémios Paula Menezes, Coordenador das Actividades Subaquáticas do CNF, Pedro Gomes, Coordenador do Centro de Mergulho do CNF, e Armando Ribeiro, em representação da Federação Portuguesa de Actividades Subaquáticas. Na oportunidade, Pedro Gomes manifestou o desejo do Clube Naval voltar a organizar o mesmo número ou mais provas de fotografia subaquática e desafiou os presentes a apostar na vertente vídeo, em virtude da organização do NAVALvídeoSUB.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

 

Pin It on Pinterest