Concorrência desleal preocupa AITRAM

 

A concorrência desleal é um dos principais problemas que preocupam os taxistas.


António Loreto assumiu, pelo terceiro mandato consecutivo, o cargo de presidente da direcção da Associação dos Industriais de Táxi da Região Autónoma da Madeira (AITRAM). A tomada de posse dos novos órgãos directivos da AITRAM, para o triénio 2011/2014, decorreu hoje à tarde na Sala da Assembleia Municipal da Câmara Municipal do Funchal.

Para além de António Loreto, a AITRAM tem agora como presidente da Assembleia Geral, Valentim João, e como presidente do Conselho Fiscal Carlos Oliveira.

Ao tomar posse, o presidente da direcção da AITRAM apontou que os taxistas estão a passar por tempos difíceis, os quais tendem a agravar-se nos próximos tempos, razão pela qual os profissionais “devem se manter unidos”.

Nestes tempos difíceis também precisamos de continuar a contar com o apoio das entidades públicas e privadas, no sentido de conseguirmos atingir os nossos objectivos”, afirmou António Loreto.

O responsável pela AITRAM queixou-se, ainda, da concorrência desleal, referindo que há viaturas que transportam clientes sem terem a devida licença para o efeito e “fugindo”, ao mesmo tempo, ao pagamento de impostos.

António Loreto garantiu que vai denunciar o caso às entidades competentes, no sentido de minimizar esta situação que “tanto agrava” os problemas dos taxistas. “Temos uma grande carga fiscal, pagamos diversos impostos, pagamos a Segurança Social, entre outros requisitos que são exigidos na nossa profissão”, apontou.

Outra das pretensões da AITRAM é a organização do serviço de transporte de doentes, em colaboração com a Secretaria Regional dos Assuntos Sociais e o SESARAM, no sentido dos taxistas poderem fazer ordenadamente os serviços nas zonas rurais e no Funchal.

Por seu turno, o director regional dos Transportes Terrestres, Cruz Neves, anunciou que já foram emitidos cerca de mil Certificados de Habilitação Profissional, referindo “que tal significa um sinal de profissionalismo de uma classe que é tão importante para a Região”.

Ao intervir, o vice-presidente da Câmara Municipal do Funchal, Bruno Pereira, destacou que a AITRAM tem tido um papel importante em prol da defesa dos direitos da classe, realçando que os táxis têm um papel crucial para a mobilidade e para a promoção turística.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]

 

Pin It on Pinterest