Políticos sem espírito de sacríficio

Espírito de sacríficio, sofrimento, persistência e solidariedade são qualidades que fazem falta à política do nosso país e da nossa Região.

José Manuel Coelho participou hoje na prova de atletismo denominada “VII Grande Prémio Castanhas a Correr”, organizada pela Associação de Atletismo da Região Autónoma da Madeira. O dirigente do PTP correu um percurso de 5 mil metros, que passou pelas várias artérias da freguesia do Curral das Freiras, tendo ficado classificado na 118ª posição.

“O desporto e o atletismo nasceram com a democracia grega há cerca de 2000 anos. Sem democracia não podia haver desporto. O desporto representa dedicação, solidariedade, amizade, abdicação e o espírito de sacríficio. São estas as qualidades que faltam aos nossos políticos”, afirmou José Manuel Coelho, no final da prova de atletismo.

O deputado eleito pelo PTP acusou, ainda, os políticos portugueses de só se preocuparem com os seus interesses e com o seu bem estar. “Os nossos políticos querem levar uma boa vida, querem ganhar bons ordenados, querem enriquecer à custa dos contribuintes, mas não querem fazer o mínimo sacríficio para ajudar a nação”, denunciou.

Porém, “é através do desporto, através das dificuldades da corrida, do espírito de abdicação e do espírito de sacríficio que nós conseguimos ter alguma coisa. Para conseguirmos resultados desportivos é preciso sofrimento, persistência e solidariedade. São essas qualidades  que fazem falta à política do país e da Região”, acrescentou José Manuel Coelho.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]

 

Pin It on Pinterest

Advertisment ad adsense adlogger