CDU propõe comissão de inquérito à EEM

CDU vai requerer a constituição de uma comissão parlamentar de inquérito à EEM.

O líder da CDU/Madeira Edgar Silva anunciou está manhã, junto às instalações da Empresa de Electricidade da Madeira (EEM), que o seu partido vai apresentar, na próxima semana, a constituição de uma comissão de inquérito ao funcionamento da EEM. Em causa estão os alegados favorecimentos que a EEM efectua na prestação de serviços e o apagão do dia 3 de Agosto de 2011.

Edgar Silva quer que sejam apuradas as “responsabilidades políticas face a práticas de promiscuidade de interesses, jogos clientelares e eventuais práticas de corrupção”, na EEM. O líder comunista explica que há necessidade de efectuar a comissão de inquérito para que se esclareça, de uma vez por todas, “se há ou não situações de eventual favorecimento, de aproveitamentos e de benefícios directos de responsáveis e técnicos da empresa que são, ao mesmo tempo, sócios de empresas com quem é contratualizada a prestação de bens e serviços”, esclareceu.

O deputado comunista, entende que “a promiscuidade de interesses requer um inquérito para que se apurem as responsabilidades políticas da tutela nesta engrenagem clientelar que está montada”.

Sobre o apagão Edgar Silva considera que a justificação dada pela EEM não é suficiente, daí a necessidade de apurar as responsabilidades técnicas e políticas da referida ocorrência.

Desta vez, o líder da CDU acredita que a comissão de inquérito pode avançar uma vez que estão reunidas as condições para que a oposição subscreva a proposta.

“ Agora que há um maior número de deputados na oposição esperamos que se garanta uma abertura política para a constituição desta comissão parlamentar de inquérito dada a importância desta matéria”, disse em jeito de apelo.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest