600 munícipes aguardam hortas urbanas

A Câmara Municipal do Funchal entregou hoje 10 hortas urbanas na freguesia de Santo António.

A Câmara Municipal do Funchal (CMF) entregou hoje, na freguesia de Santo António, 10 hortas urbanas. O espaço em causa foi cedido gratuitamente pela Associação de Regantes da Levada da Madalena.

Miguel Albuquerque explicou que, desde o início do projeto em 2005, já foram entregues 342 espaços, num total de 23 mil metros quadrados. Mas, apesar do trabalho desenvolvido, ainda há uma lista de espera de quase 600 munícipes.

“Dada a adesão suscitada por esta iniciativa, a Câmara Municipal do Funchal reabriu as inscrições para os lotes urbanos e brevemente alargará o âmbito estrito da horticultura, oferecendo a possibilidade de exploração de pequena pecuária”.

O autarca sublinhou que, além dos claros benefícios para a economia familiar, sobretudo num cenário de crise, as hortas urbanas têm importância em termos da impermeabilização dos solos. “O Funchal precisa, de facto, de continuar a ter uma agricultura urbana. É algo que temos de continuar a considerar”.

Acrescente-se que os lotes individuais, separados por vedações e dispondo cada um de água de rega, dispõem de um pequeno abrigo de madeira, de 1,5m por 1,5m, destinado a guardar alfaias e outros materiais agrícolas.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest