Estudo põe em causa a autonomia política e informativa da Região

O MPT está contra os possíveis despedimentos nos centros regionais da Madeira da RTP e RDP.

O MPT considera que o estudo encomendado pelo Governo da República, relativamente à gestão e manutenção dos centros regionais da Madeira da RTP e RDP, põe em causa  a autonomia política e informativa da Região, bem como os postos de trabalho.

“Não se compreende, por exemplo, que na RTP-M se continue a convidar amigos para fazer programações, para produzir programas, quando existem na RTP jornalistas qualificados. Infelizmente, alguns dos jornalistas da RTP continuam a trabalhar a recibos verdes e em condições precárias”, contestou Roberto Vieira, hoje em conferência de imprensa.

Desta forma, o deputado único do MPT defende que se deve rentabilizar os profissionais da RTP e da RDP. “O estudo encomendado pelo PSD e CDS vai no sentido de encerrar os centros regionais e despedir centenas de profissionais”, recordou.

Roberto Vieira considera, ainda, que o referido estudo não teve em conta a salvaguarda dos recursos humanos. “O que está em causa neste momento é o posto de trabalho de centenas de pessoas que trabalham na RDP M e RTP-M. O estudo não contempla nem tem piedade destes profissionais”, reiterou.

O deputado prometeu, ainda, que fará tudo o que estiver ao seu alcance para que os cenários de extinção e de despedimentos não venham a acontecer.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]

 

Pin It on Pinterest