Casas do Povo com trabalho meritório

Nos actuais tempos de crise o trabalho das Casas de Povo é “cada vez mais importante”.

“O trabalho das Casas do Povo vai continuar a ser importante, mesmo que haja alguns ajustamentos nos valores atribuídos e nos apoios dados”, garantiu hoje o secretário regional do Ambiente e dos Recursos Naturais.

Manuel António Correia apontou, ainda, que através da diversificação dos apoios, utilizando-se o Programa de Desenvolvimento Rural, as Casas de Povo irão continuar a poder desenvolver “com excelência” o seu trabalho.

“Para continuar o trabalho todos temos de produzir mais com menos. Além disso, a população precisa de continuar a contar com o trabalho das Casas do Povo, dado que estas desenvolvem um imprescindivel trabalho na área social”, realçou o governante.

Manuel António transmitiu, ainda, que uma das vertentes que o Governo Regional continuará a apostar é na ajuda às populações. “As casas do povo são um excelente instrumentos para atingirmos esse objectivo” sublinhou.

O secretário regional falava, ao final da tarde hoje, na cerimónia de tomada de posse dos novos membros dos órgãos sociais da Casa do Povo do Campanário. Refira-se que Maria Gonçalves assume pelo quarto mandato consecutivo a presidência daquela instituição.

Após a tomada de posse seguiu-se a entrega de 165 certificados de cursos de formação profissional promovidos pela Casa do Povo do Campanário em articulação com a Secretaria Regional do Ambiente e dos Recursos Naturais.

Após o referido evento, Manuel António seguiu para o Caniçal, onde está neste momento a participar na cerimónia de tomada de posse dos novos membros dos órgãos sociais da Casa do Povo do Caniçal.

Mais de um milhão de euros na conta dos agricultores

À margem da cerimónia de tomada de posse dos novos membros dos órgãos sociais da Casa do Povo Campanário, o secretário regional do Ambiente anunciou que hoje foram depositadas nas contas dos agricultores verbas relacionadas com medidas agro-ambientais.

“Está hoje na conta de mais de 3500 agricultores 1,49 milhões de euros. Os referidos apoios são dinheiros do Governo Regional e da União Europeia”, concluiu o Governante.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest