«Não faz sentido» discutir Programa do Governo

Roberto Almada disse hoje que o programa de governo não passa de um rol de intenções.

O Bloco de Esquerda não vê qualquer utilidade na proposta de programa de Governo, que será discutida na Assembleia Legislativa da Madeira.

“Esta proposta de programa de Governo é uma autêntica fraude, porque não é programa nenhum, não passa de um rol de intenções. Intenções, essas, que na sua maioria não serão concretizadas”.

Roberto Almada relembrou, numa iniciativa realizada junto ao parlamento madeirense, que o Governo Regional do PSD está a preparar um plano de resgate com o Governo da República. “Ainda não sabem concretamente com que linhas é que vão se coser nos próximos anos”. Por isso o documento não passa “de uma proposta virtual”.

A Região Autónoma da Madeira, tal como aconteceu com Portugal, vai estar dependente das indicações europeias. O próprio presidente, Alberto João Jardim, “já disse que está entalado pela Troika e pela República”.

O dirigente do Bloco de Esquerda defendeu, neste contexto, a renegociação da dívida regional. Para que não sejam os madeirenses a suportar duras medidas de austeridade, a suportar “um duplo sacrifício”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest