Dívida da Madeira na ordem do dia

República só se preocupa com a dívida da Madeira e ignora dívida dos Açores.

 O PSD garantiu hoje, no parlamento, que o Governo Regional está a estudar medidas para minimizar os efeitos do Programa de Ajustamento Financeiro da Madeira.

Jaime Filipe Ramos apontou ainda que o referido programa não necessita de uma comissão regional de acompanhamento, dado que a aplicação do mesmo será analisada trimestralmente pelo Tribunal de Contas e pelo Ministério de Finanças.

O deputado social-democrata acusou, ainda, que a proposta comunista é um “copy paste” de outras propostas e, por isso, “não traz nada de novo”. “O autor da proposta (Edgar Silva) nem sequer se dignificou a defênde-la”, acusou

Jaime Filipe Ramos frisou ainda que a República só se preocupa com a dívida da Madeira, lembrando que, “de um dia para o outro”, foi detectado que os Açores tinham uma dívida na ordem dos 3 mil milhões de euros.

O projecto de decreto legislativo, da autoria da CDU, intitulado “Comissão Regional de Acompanhamento à Aplicação do Programa de Ajustamento Financeiro” foi chumbado” pela maioria social-madeira.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

[fbshare type=”button”]

[twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest