Jardim Ramos confirma dispensas no SESARAM (VÍDEO)

Cerca de 30 funcionários vão ser dispensados do Serviço Regional de Saúde.

O secretário regional dos Assuntos Sociais, Francisco Jardim Ramos, confirmou a dispensa de cerca de 30 profissionais no Serviço Regional de Saúde, todos eles contratados a recibos verdes.

“Não é propriamente uma situação de dispensa. Há profissionais a recibos verdes que não verão os contratos renovados (…), médicos provavelmente não, mas talvez enfermeiros e funcionários administrativos”.

Nas declarações, à margem da cerimónia de tomada de posse dos novos órgãos sociais da Ordem dos Enfermeiros, o governante garantiu que a prestação de cuidados aos utentes não está colocada em causa.

A medida vem no seguimento do Plano de Ajustamento Financeiro da Região Autónoma da Madeira, mas prevêem-se igualmente outras reorganizações nos serviços de saúde.

Aos jornalistas, Francisco Jardim Ramos falou ainda sobre as propostas previstas para os menos jovens, que vivem em situações de isolamento. Para além da política de proximidade dos familiares e vizinhos e do sistema de tele-alarme, que o Governo Regional quer promover, está em aplicação a coabitação sénior.

“Estamos a propor a coabitação sénior. Isto é: pessoas da mesma família ou de vizinhança que vivam sós e que, não querendo ir para um lar fora da freguesia, possam conviver juntas”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

Pin It on Pinterest