CDS quer cortar “gorduras” na Administração Pública

Populares continuam com as sessões de esclarecimento às populações.

Hoje foi a vez da freguesia de Gaula. José Manuel Rodrigues aproveitou a saída da missa para explicar o Plano de Ajustamento Financeiro e as reais implicações para as famílias e para as empresas.

Na oportunidade foi ainda distribuído o primeiro número do jornal mensal “Alternativa”.

“O CDS/PP considera este programa de ajustamento financeiro mau para a Região, porque vai provocar mais recessão económica e vai provocar também mais desemprego e mais falências”. Trata-se, no fundo, de falar a verdade sobre a real situação económica e social.

Nesta conversa com a população, que se mostrou bastante receosa com os cortes que se avizinham, Rodrigues apelou à responsabilidade política do Governo Regional, “que não pode deixar intocável as gorduras da Administração Pública e ir ao osso e à carne dos madeirenses”.

O CDS defendeu, uma vez mais, medidas de recuperação económica e de apoio social que não constam do programa apresentado, garantindo o empenho de todos os deputados populares para alterar a situação.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest