ABRAÇO com mais pedidos de ajuda

Neste momento, a instituição presta apoio a cerca de 180 utentes.

A atual conjuntura económica tem feito aumentar os pedidos de apoio junto da delegação regional da ABRAÇO, Instituição Particular de Solidariedade Social que presta serviços na área da problemática do VIH/SIDA.

Sentimos que existe uma maior procura de apoio em várias áreas. Os nossos utentes vão nos pedindo mais apoio para os transportes, para as medicações e para a alimentação”, indicou Pedro Duarte.

No entanto, o psicólogo do centro de apoio da ABRAÇO realça que as pessoas têm sido solidárias com a instituição, dando como exemplo a campanha de recolha de alimentos realizada em Dezembro de 2011.

Apesar das dificuldades e de haver mais gente a necessitar de apoio, as pessoas continuam, dentro das suas possibilidades, a tentar contribuir e ajudar aqueles que mais necessitam”, salientou Pedro Duarte.

Segundo aquele responsável, a ABRAÇO está a apoiar neste momento cerca de 180 pessoas, um número que se traduz num aumento de 15% em comparação a anos anteriores.

Em relação à falta de medicamentos destinados aos doentes de SIDA, Pedro Duarte garantiu que essa situação não se verifica junto dos utentes madeirenses apoiados pela ABRAÇO.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest