Deputados trabalhistas apoiam reivindicações do SITAM

SITAM e PTP reuniram hoje para analisar aspetos dos contratos coletivos de trabalho.

O Partido Trabalhista Português (PTP) dá razão ao SITAM – Sindicato dos Trabalhadores de Escritório, Comércio e Serviços da RAM, quando este defende o fim da discriminação existente nos vários sectores de atividade, a propósito do dia de descanso na época do Carnaval.

“Por exemplo, o contrato dos empregados de escritório consagra o dia de terça-feira de Carnaval como dia de descanso, mas o contrato coletivo do sector dos vinhos diz que os trabalhadores só terão direito a descansar se essa for a vontade do patrão”.

Ivo Silva referiu, neste contexto, que a Assembleia Legislativa da Madeira tem poderes para instituir um feriado regional e, assim, garantir a todos os trabalhadores os mesmos direitos.

Até porque, neste contexto económico e social, é quase impossível que as entidades patronais aceitem uniformizações aos contratos laborais. “Hoje em dia não se consegue acrescentar nada em favor dos trabalhadores. Tudo o que está a acontecer é para prejuízo dos trabalhadores”, lamentou.

De referir que esta reunião com o Partido Trabalhista Português vem no seguimento de um conjunto de audiências solicitadas aos grupos parlamentares dos partidos, com assento na Assembleia Legislativa da Madeira.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest