PCP quer Moção de Censura ao Governo Regional (Vídeo)

Comunistas estão contra o “maior ataque às condições de vida” da população da Madeira.

O PCP está contra o Orçamento Regional para 2012 e os cortes cegos em vários sectores de atividade. E, por tal, propõe uma rutura com o regime jardinista.

“Vemos o debate sobre a proposta de Orçamento Regional e Plano para 2012 como o momento primeiro da Moção de Censura ao Governo Regional. Será o momento político privilegiado para a mais dura censura pública e para a censura política aos responsáveis pelo estado a que a Região Autónoma da Madeira chegou”.

Edgar Silva explicou, numa conferência de imprensa realizada na Assembleia Legislativa, que estamos perante “o maior ataque às condições de vida do povo desta Região alguma vez desencadeado com a Autonomia”.

Para além de um corte drástico no investimento público, os impostos aumentarão de forma escandalosa, os salários diminuirão e o desemprego será uma realidade crescente.

O deputado comunista acusou assim o Governo de, mais uma vez, fugir aos problemas e sobrecarregar as famílias e as empresas, isto depois de anos e anos de esbanjamento dos dinheiros públicos.

“Têm razões mais do que suficientes para se sentirem traídos e enganados todos os madeirenses e portossantenses que estão a perder empregos e direitos, que vêem cada vez mais baixos os seus salários, que estão a perder poder de compra a cada dia que passa (…)”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest