Poesia e fado de mãos dadas no Centro Cívico do Estreito

Centro Cívico do Estreito acolhe a VIII Feira do Livro. 278 alunos participaram no projecto.

O Centro Cívico do Estreito de Câmara de Lobos recebeu hoje a VIII Feira do Livro, organizada pela EB1/PE do Estreito de Câmara de Lobos.

Cerca de 270 alunos, desde o ensino pré-escolar ao ensino básico, participaram no evento que, este ano, explorou a poesia e o fado.

“Convidámos um grupo de fadistas, entre os quais Alexandra Sousa, para proporcionar aos nossos alunos um primeiro contacto com o fado” e “o envolvimento dos jovens e de toda a comunidade” foi melhor do que o esperado, observou Isabel Medeiros, responsável pela apresentação do projecto.

Os professores tentaram através da escrita de um poema desenvolver novos trabalhos junto dos alunos e os resultados, alguns surpreendentes, podem agora ser vistos no Centro Cívico do Estreito de Câmara de Lobos. Esta VIII Feira do Livro “é, sem sombra de dúvida, uma aposta ganha”.

O programa do evento cultural incluiu ainda a apresentação de um poema dramatizado: “Cheira bem, cheira a Lisboa”, uma guitarrada de sensibilização e a interpretação do fado “Uma Casa Portuguesa”.

Os jovens madeirenses estão desde hoje mais despertos não apenas para a poesia, mas para uma música, que recentemente foi considerada Património da Humanidade.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest