Ilha das Flores com Centro de Processamento de Resíduos

O Centro de Processamento de Resíduos da ilha das Flores, uma obra orçada em cerca de cinco milhões de euros, deverá começar a operar no espaço de poucos meses.

A informação foi avançada pelo Secretário Regional do Ambiente e do Mar durante a visita que efetuou hoje àquele centro de processamento, construído na antiga pedreira do porto das Lajes.

Segundo revelou Álamo Meneses, a obra de construção civil já está concluída, prevendo-se para breve o início de testes, depois de ultimada a montagem dos equipamentos elétricos.

O governante adiantou ainda que está em fase adiantada o concurso para a escolha da empresa gestora daquele centro de processamento, pelo que se prevê que o mesmo esteja em funcionamento pleno dentro de alguns meses.

Neste centro serão processados os resíduos das ilhas das Flores e do Corvo, onde as câmaras municipais já deram início à recolha separativa dos resíduos.

No caso do Corvo, conforme referiu o Secretário do Ambiente e do Mar, as obras tiveram um ligeiro atraso, por dificuldades do empreiteiro, mas que já foram retomadas e estarão concluídas dentro de dois meses.

[twitter style=”vertical” float=”left”] [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest