Viajar, sim, mas a baixo custo

Nem todos abdicam de viajar, mas as campanhas promocionais são uma prioridade dos consumidores.

As agências de viagens e os operadores turísticos usam todos os meios ao dispor para cativar os consumidores. As campanhas promocionais são cada vez mais procuradas e, apesar de não haver muitos cancelamentos, nota-se uma retração no mercado.

António Cruz, diretor da Agência Abreu na Madeira, disse ao Cidade Net que os madeirenses procuram viajar a preços mais em conta. Uma realidade bem visível, por exemplo, junto dos profissionais da administração pública.

“Pessoas que viajavam duas vezes por ano, estão a viajar apenas uma vez. Os organismos públicos, que perderam os subsídios de férias ou de Natal, estão a cortar, mas não é de agora. Já no ano passado sentiu-se uma quebra”.

Ainda assim, conforme apontou o responsável, há pessoas que continuam a viajar com o mesmo poder de compra de anos anteriores. “Não se pode dizer que as pessoas vão deixar de viajar por causa da crise, porque não é verdade, há pessoas a viajar sem quaisquer restrições de preços. Falamos de viagens de 2 mil euros ou mais”.

As campanhas dos cruzeiros, as campanhas da Eurodisney, as viagens para o Oriente ou para a América Latina encabeçam a lista de preferências. António Cruz considerou mesmo que muitos destes destinos, contrariamente ao que se possa pensar, acabam mais baratos que os circuitos europeus.

Nos dias 31 de Março e 1 de Abril terá lugar a Feira de Viagens Mundo Abreu. Um evento com preços competitivos para os mais variados destinos. “Será uma excelente oportunidade para os consumidores e para nós, Agência Abreu, um momento importante para avaliar a procura para o Verão”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest