Garantida privatização da Horários do Funchal

Conceição Estudante pretender dar continuidade as políticas que tem seguido até aqui com menos dinheiro.

Recomeçaram os trabalho parlamentares com a intervenção da secretária regional da Cultura, Turismo e Transportes, Conceição Estudante. A governante admite que a conjuntura é difícil e que será um desafio fazer mais e melhor com menos dinheiro. A estratégia que secretaria do Turismo vai adoptar, como o orçamento que está hoje a ser discutido, vai passar “por uma aposta e intensificação e valorização e promoção do destino Madeira”. Lembrou que em 2001 a Madeira tinha 25.739 camas e hoje com mais 5000 camas no mercado, mantém uma taxa de ocupação média anual, que em 2011,chegou aos 55%”.

Na área dos transportes Conceição Estudante  dá como certa a privatização da empresa Horários do Funchal e refere ainda que o valor da Orçamento Regional para 2012, para o sector do turismo é de 57 milhões de euros, dos quais, cerca de 45 milhões dizem respeito a despesas de investimento. De acordo com a secretária há um aumento de 29% do valor do orçamento, comparativamente, ao orçamento utilizável em 2011.

Ainda na área dos transportes Conceição Estudante diz que o Governo Regional tomará todas as medidas que assegurem, por um lado a racionalização e a optimização das estruturas existentes e, por outro, o desenvolvimento dos processos de privatização de algumas áreas e serviços.

“Acompanhar o processo de privatização da ANA e TAP. Dar continuidade ao processo de revisão do contrato de concessão da ANAM” e ainda continuar a analisar no, curto prazo, estudos que “apurem quais as áreas e serviços passiveis de privatização”, salientou a governante.

[twitter style=”vertical” float=”left”] [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest