“Não dou a minha reforma ao Estado para fazer idiotices”

Jardim recebe 6900 euros de vencimentos e garante que não vai abdicar deste dinheiro.

O presidente do Governo Regional, Alberto João Jardim, responde a José Manuel Coelho, e garante que não vai dar a sua reforma (3100 euros) para a qual trabalhou e descontou uma vida inteira. “Não dou a minha reforma ao Estado Central para fazer idiotices”, assegurou, salientando que é contra o facto do Estado tirar reformas às pessoas.

Já, sobre o seu vencimento como presidente do governo (3800 euros) Jardim diz que é pouco para as responsabilidades que tem. A José Manuel Coelho diz que “este nunca trabalhou na vida”.

[twitter style=”vertical” float=”left”] [fbshare type=”button”] [fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”]

 

Pin It on Pinterest