120 pessoas reforçam distribuição da água de rega

No final deste mês o GR vai redobrar o número de pessoal ao serviço da irrigação agrícola que passa dos atuais 127 para 247.

O anúncio foi feito, esta tarde, pelo secretário regional do Ambiente e Recursos Naturais, Manuel António Correia, na cerimónia de tomada de posse dos novos membros dos órgãos sociais da Associação dos Jovens Agricultores da Madeira e do Porto Santo.

“Nós temos no quadro 127 pessoas e até ao fim deste mês este número vai passar para cerca do dobro. Vamos meter mais 120 pessoas a ajudar na distribuição de água na Madeira. 80 vem dos serviços de emprego e vão vigiar os canais e a sua distribuição e os outros 40 vem de outras áreas da secretaria, funcionários públicos, que nós tiramos de outras áreas para reforçar este sector”, avançou o governante.

Estas 40 pessoas vão fazer um trabalho específico melhorando as captações, que incluem algumas nascentes que até aqui estavam abandonadas. O objetivo segundo explicou o secretário é “combater possíveis efeitos graves da falta de água”.

Manuel António garantiu que os agricultores madeirenses não estão ainda com uma seca extrema, como está acontecer no Continente porque o executivo regional agiu a tempo com a construção de lagoas e com os sistemas de irrigação adequados. Lembre-se que desde 2007, até hoje, porque algumas obras ainda estão a ser concluídas, o Governo Regional investiu 50 milhões de euros em lagoas, recuperação e reconstrução de canais, recuperação de lagoas e melhoria de levadas para melhorar a irrigação agrícola.

Já, na área da formação dos cursos de empresário agrícola, o secretário com a tutela da agricultura adiantou que “já assinou um despacho normativo que reformula o regime dos cursos de empresário agrícola”, no sentido de desburocratizar a forma de adesão ao curso. “Antes o curso tinha 600 horas de formação e agora passa a ter 220 horas”, tempo que Manuel António considera mais do que suficiente para o efeito. Ainda neste âmbito o governante informou que o PRODERAM, fundos da agricultura, vai poder apoiar esta formação 100% a fundo perdido.

O novo presidente da Associação de Jovens Agricultores da Madeira para o triénio 2012/2015 é Victor Castro.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest