Armindo Araújo a segundos de entrar no top-ten

Grande recuperação do piloto do MINI, que está a poucos segundos de entrar no top-ten.

Armindo Araújo e Miguel Ramalho protagonizaram no segundo dia do Rali de Portugal uma fantástica recuperação na classificação geral e terminaram o dia na décima primeira posição, numa etapa marcada por condições adversas que levaram mesmo ao cancelamento da segunda ronda pelas especiais da zona de Tavira.

Ao sair do Estádio do Algarve no trigésimo segundo posto, o piloto do MINI JCW WRC não imaginaria que em apenas três especiais subiria vinte e um lugares na classificação e que, apesar do tempo perdido ontem, ficaria em posição de discutir a entrada no lote dos dez primeiros da geral.

“Apesar do cancelamento de três especiais recuperamos muitas posições no dia de hoje e isso foi óptimo. Antes da primeira classificativa comentei com o Miguel Ramalho que a condições climatéricas iriam causar, de certeza, muitos estragos. Nós conseguimos encontrar um compromisso que nos permitiu fazer excelentes tempos e não correr muitos riscos”, disse Armindo Araújo.

Com dois dias ainda pela frente e após este novo escalonamento da classificação, o piloto de Santo Tirso mantém intacta a possibilidade de chegar ao objetivo traçado no início do rali. “Vamos partir para a etapa de amanhã a apenas 13,8 segundos do nono classificado. Acredito que poderemos anular a desvantagem que temos para essa posição e vamos fazer tudo para, pelo menos, chegar aos pontos.”

Hoje, Sábado, serão disputadas seis especiais de classificação num total de 148,16 Km.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest