Mercado das Oportunidades valeu a pena

Para além do mercado regional, os turistas foram os principais compradores nesta edição.

Termina hoje mais uma edição do Mercado das Oportunidades, na Avenida Arriaga. Os comerciantes, com os quais falou o Cidade Net, fazem um balanço positivo ao evento.

Apesar dos constrangimentos financeiros dos madeirenses, que não são de agora, ainda houve interessados. Mas desta vez, tal como era pretendido pela organização, os turistas foram bons compradores.

De referir que, nestas últimas edições do Mercado das Oportunidades, a ACIF – Associação Comercial e Industrial do Funchal tem procurado conciliar os dias da feira com as vindas dos cruzeiros ao Porto do Funchal.

Magda Gouveia, da Cartonada Papelaria, observou que os turistas ajudaram muito às vendas. “Tivemos muitos turistas, os melhores foram os turistas americanos. Não compraram coisas de valor muito alto, mas compraram muito”.

Aliás, se não fosse pelo mercado estrangeiro, nem faria sentido uma feira nesta altura do campeonato. “Seria mais para promoção e divulgação da empresa, porque a nível de vendas seria fraco em relação aos anos anteriores”.

Também Rosa Pereira, representante da empresa Hidrorelax, destacou a grande afluência de pessoas. Se bem que os três primeiros dias tenham sido os mais lucrativos. Por outro lado, apesar desta enchente de turistas, lamentou que o tipo de produtos comercializados não fossem fáceis de transportar para o interior dos barcos.

A funcionária da Saborável, Susana Gonçalves, disse que vale sempre a pena participar, mas “a crise também chegou a eles (turistas). Ainda assim, mesmo sem grandes lucros, a participação serve de divulgação e para futuros contactos.

A próxima edição do Mercado das Oportunidades vai também ser conciliado com a vinda dos navios de cruzeiro. Os comerciantes, ligados às mais variadas áreas, agradecem.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest