PSD monta circo para “tapar o aumento de impostos”

Socialistas criticam circo sobre a sucessão no PSD/M, que serve para distrair a população.

O Partido Socialista da Madeira aproveitou o dia 1 de Abril, data da entrada em vigor dos novos impostos, para criticar duramente a postura do Governo Regional e as manobras a propósito da sucessão no PSD/Madeira.

“Um assunto interno de um partido não pode tomar conta da Madeira, nem pode tomar conta daquilo que são os problemas da Madeira. Parece mentira, mas não é, que o PSD tenha montado um circo para tapar o aumento de impostos brutal”, denunciou o deputado Carlos Pereira.

O anúncio de candidaturas e todo o movimento em torno delas não passam de manobras para distrair os madeirenses e os portossantenses da real situação vivida na Madeira, do estado calamitoso a que chegamos.

“O PSD escondeu por detrás de um conjunto de candidatos a uma sucessão interna, candidatos reciclados, o aumento do desemprego. Parece mentira, mas o PSD está lançar uma nuvem de fumo sobre a sua incompetência comprovada na gestão da Madeira”.

Carlos Pereira disse mesmo, nesta conferência de imprensa, que o povo não tem interesse nestes assuntos partidários. O que realmente preocupa o povo, “é saber se vai ter dinheiro para pôr comida na mesa, é saber se vai haver trabalho para os filhos (…), é saber quais as soluções para os problemas atuais”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest