Vitória de João Lopes

O ex-campeão de Quads estreia-se a vencer na XXV edição do Raid TT da Ferraria – Vinho da Margalha.

João Lopes, acompanhado de Bruno Santos, aos comandos de um Polaris RZR XP 900, foi o vencedor da XXV edição do Raid TT da Ferraria – Vinho da Margalha, a 2ª etapa do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno. Ex-campeão nacional de Quads, o piloto de Torres Vedras terminou a corrida com uma folgada vitória, conseguida na parte final de uma prova que, até duas voltas do fim, foi extremamente animada.

O Campeão Nacional Rui Serpa, aos comandos de um Rage, impôs-se de novo no prólogo mas, um furo e pouco depois uma avaria mecânica, cedo o afastaram da corrida. Na cabeça da prova assistia-se então a um duelo muito interessante entre os Polaris de Jorge Monteiro, vencedor da prova inaugural desta temporada e João Lopes. Um acidente à segunda volta, envolvendo os buggies de Sérgio Brás e Miguel Azevedo, obrigou a organização a fazer um pequeno desvio ao percurso mas que levou os dois primeiros concorrentes em pista a não conseguirem regressar de forma correta e imediata ao traçado, situação que colocou na liderança da prova o piloto brasileiro Aristides Mafra.

Este segurou o comando até duas voltas do final, quando o seu Polaris cedeu e numa altura em que também Jorge Monteiro se debatia com problemas mecânicos na sua máquina. Nessa fase da corrida a luta pelas posições secundárias estava ao rubro com Pedro Mendes (JB 1300) a encabeçar um pelotão que incluía o CanAm de António Estevão, os Polaris de Jorge Branco e do estreante Nuno Taveres e os Rage de Avelino Luís e António Ferreira, todos muito próximos na classificação. A degradação da pista, em particular próximo das travessias de água, originou a paragem do JB de Pedro Mendes numa zona em que o percurso ficou trancado até o seu carro poder ser retirado. Foram muitos os minutos aí perdidos por todos os concorrentes, o que justifica a vitória, por mais de 15 minutos, obtida por João Lopes e a enorme revolução na classificação final.

No Troféu Nacional de Promoção, o Nany de Pedro Almeida venceu o prólogo e dominou a corrida até ser forçado a parar por avaria já perto do final, entregando a vitória ao estreante Luís Caseiro (Polaris).

A próxima prova Rali TT Ervideira será disputada a 20 e 21 de Abril em Reguengos de Monsaraz.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest