VI Rali de São Vicente arranca com 27 inscritos

Prova será mais competitiva. Retorno financeiro do evento é imediato, diz o autarca Jorge Romeira.

O VI Rali de São Vicente vai para a estrada nos dias 13 e 14 de Abril. A prova, organizada pela Secção de Desportos Motorizados do Clube Desportivo Nacional, pela Câmara Municipal de São Vicente e pela Desporto Sem Limites, conta com 27 inscritos. Um número de destacar tendo em conta o actual cenário financeiro.

Jorge Romeira, presidente da Câmara Municipal de São Vicente, explicou a continuidade do projecto desportivo apesar da crise. “Este rali constitui uma forma de divulgação e promoção do concelho, para além de constituir uma boa forma de dinamização do comércio local, sobretudo da restauração. O esforço e o investimento que a Câmara Municipal faz têm assim retorno imediato”.

Também José Canha, da Comissão Organizadora, mostrou-se satisfeito com a participação, sobretudo após o adiamento da primeira prova do Campeonato de Ralis “Coral” da Madeira. “Sentimos a responsabilidade de termos de fazer um trabalho ainda mais sério, pois sabíamos que estávamos sendo observados e que o campeonato poderia estar em risco se o Rali Município de São Vicente falhasse”.

Aos colaboradores e patrocinadores ficou um sentido agradecimento, bem como a todo o público que vai responder ao apelo e fazer de São Vicente a capital dos ralis na costa norte da Madeira. “É nos tempos de crise que não podemos baixar os braços e nos darmos por vencidos, acreditar é essencial, mas ter atitude é que faz a diferença”.

Acrescente-se que esta edição do Rali Município de São Vicente – No Coração da Laurissilva tem como novidades mais uma volta na classificativa espectáculo na Ponta Delgada e a alteração do parque de partida inicial, que será no parque das instalações da Adega de São Vicente.

Este ano, tendo em conta que o campeão regional Vítor Sá não participa, por motivos profissionais, espera-se uma prova mais competitiva, em que muitas equipas vão ter a oportunidade de lutar pelos primeiros lugares. José Canha deixou no ar um grande espectáculo do desporto automóvel.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest