Governo com ‘calote’ em Gaula

O Governo Regional, através do ex-IDRAM, deve ao Club Sport Juventude de Gaula mais de 125 mil euros.

A denúncia foi feita esta tarde, em conferência de imprensa, pelo presidente da Junta de Freguesia de Gaula, vindo na sequência das acusações dos vogais do PSD, afetos à Assembleia de Freguesia de Gaula e cumulativamente dirigentes do Club Sport Juventude de Gaula, de que os apoios ao referido clube têm vindo a diminuir.

Élvio Sousa confirmou que os referidos apoios diminuíram de 2000 euros (em 2010) para 1500 euros (em 2011), sendo que no presente ano esse apoio é de 500 euros.

“É lícito entender que numa conjuntura de dificuldades financeiras, uma junta que recebe menos de 11 mil euros por ano tenha que fazer contas à vida e proporcionar medidas ajustadas no âmbito da sua política social, cultural e recreativa. Num saco onde entre 500 não poderá sair 600”, afirmou o responsável pela Junta de Freguesia de Gaula.

Desta forma, Élvio Sousa considera que os vogais do PSD estão a tentar criar um facto político “ao criticarem diretamente” a força política que está por detrás da Junta de Freguesia de Gaula. “Uma junta que reduziu, por circunstâncias financeiras, um subsídio de 2 mil para 500 euros é acusada de o fazer deliberadamente. Um governo PSD que governa a Madeira há mais de 30 anos e que deve à mais importante colectividade de Gaula uma quantia superior a 125 mil euros nem uma palavra”, apontou o presidente da junta.

“É preciso que a população de Gaula saiba que o Governo Regional deve a uma instituição da freguesia, há mais de cinco anos, mais de 125 mil euros. A junta de freguesia neste momento não deve nada ao clube e vai cumprir os compromissos que assumiu”, complementou Élvio Sousa.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest