Porto Bay a 100% para a Festa da Flor

O hoteleiro António Trindade diz que a promoção turística não pode ficar dependente das entidades públicas.

A Festa da Flor, que se realiza a 22 de Abril, é um dos principais acontecimentos turísticos promovidos na Região Autónoma da Madeira e isso reflete-se nas taxas de ocupação. Os hotéis do Grupo Porto Bay estão com casa cheia.

“A Festa da Flor, a exemplo do Fim-de-Ano, constitui um dos grandes eventos de animação deste destino turístico e é importante que estes números aconteçam, sobretudo quando a Festa da Flor ainda acontece no fim da estação de Inverno”, que é aquela que mais preocupações levanta em termos de tráfego para a Região, observa o administrador do grupo, António Trindade.

Apesar destes números tão expressivos, que também se verificam em outras unidades, o hoteleiro deixa escapar algumas críticas ao trabalho realizado ao nível das acessibilidades aéreas e marítimas. Uma área onde estamos claramente a perder terreno, por oposição à abordagem que se realiza nos Açores.

“A Madeira tem um grande problema de acessibilidades e não tem uma companhia aérea e os Açores têm uma companhia aérea, mas muitas vezes não têm a possibilidade de despertar tanto tráfego como gostariam de ter”, considerou, sublinhando a necessidade de um entendimento entre as duas regiões autónomas.

António Trindade acrescentou ainda que, além das atividades públicas, a participação ativa dos restantes grupos hoteleiros e outras entidades ligadas ao turismo é fundamental para o sucesso do sector.

Depois do iniciativa, organizada pela Secretaria Regional da Cultura, Turismo e Transportes, o Grupo Porto Bay organiza ainda um festival de tapetes florais no interior dos hotéis. “Não só fazemos decorações durante a Festa da Flor, como iremos fazer, depois, exposições com a colaboração dos hóspedes”.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest