Desemprego lidera pedidos no Gabinete de Apoio ao Cidadão

Pedidos de ajudam não param de chegar ao Gabinete de Apoio ao Cidadão do CDS/PP Madeira.

O Gabinete de Apoio ao Cidadão do CDS/PP Madeira é testemunha da crescente aflição das famílias. Apesar de recente, os pedidos de ajuda não param de chegar, nas mais variadas áreas. Já foi atendida mais de uma centena de pessoas (114).

“É claramente uma aposta ganha pela afluência das pessoas. As famílias apresentam os seus problemas e dentro daquilo que é possível aos deputados são dadas soluções. Chegam problemas sociais, problemas de habitação, mas sobretudo problemas relacionados com o desemprego”, diz José Manuel Rodrigues.

O líder do CDS/PP Madeira não tem dúvidas que a procura pelo serviço vai aumentar, mesmo porque a política do Governo Regional, no seguimento do Plano de Ajustamento Financeiro acordado com a República, conduz ao agravamento dos problemas. Não esquecer que os números do desemprego, recentemente divulgados pelos Instituto do Emprego e Formação Profissional, ultrapassam os 21 mil.

“Temo um aumento do desemprego, um menor rendimento das famílias devido ao corte de salários e subsídios e ao aumento dos impostos e um menor poder de compra. Isto vai trazer problemas a muitas famílias e a muitas empresas”.

Rodrigues aponta que esta política de proximidade sempre foi uma das prioridades do Partido Popular, mas que agora, mais do que nunca, os políticos precisam de dar voz e resposta às populações. “Temos de estar mais próximos das pessoas porque os problemas estão a emergir diariamente”.

Ainda em declarações ao Cidade Net, o também deputado na Assembleia da República rejeita as críticas dos seus opositores, sublinhando que a prioridade, em toda a sua atuação parlamentar, continua a ser a Região Autónoma da Madeira.

Resta acrescentar que o Gabinete de Apoio ao Cidadão está localizado na Rua da Mouraria nº1 e está disponível aos cidadão todas as sexta-feiras a partir das 15h. Os cidadãos serão sempre atendidos por um deputado do CDS, num sistema de rotatividade. Os casos mais graves serão encaminhados para o gabinete jurídico do partido.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”]

Pin It on Pinterest