Povo “foi enganado” com promessas eleitorais

O MPT entende que a descrença nos partidos políticos poderá levar à morte da democracia.

O MPT considera que “mais do que nunca se justifica recordar e comemorar” o 25 de Abril. “Nunca os madeirenses e os portugueses em geral foram confrontados com tantos sacrifícios como os agora impostos pelo PSD e pelo CDS, quer no Governo da República quer no Governo Regional”, apontou João Isidoro, hoje em conferência de imprensa.

No entender do dirigente do Partido da Terra, os madeirenses “foram enganados” pelas promessas eleitorais, tanto a nível nacional, como regional.

“Mais grave ainda é a descrença que nós sentimos por parte dos eleitores nas instituições democráticas. Os eleitores sentem esta descrença porque os partidos têm um discurso na oposição e quando chegam ao poder mudam de discurso, mudam a sua prática e não cumprem as promessas eleitorais. Isto pode levar à morte da democracia”, advertiu João Isidoro.

[fblike style=”standard” showfaces=”false” width=”450″ verb=”like” font=”arial”] [fbshare type=”button”] [twitter style=”vertical” float=”left”]

Pin It on Pinterest